14 novembro, 2013

.

Vagueio pelos meandros do pensamento.
Chego a becos sem saída. Quero mudar o rumo, porque páro sempre aqui?
Não quero, nem posso ficar aqui novamente.
Há uma luz que me guia, porque teimo em refugiar-me à sombra?
Não é díficil que alguém nos mande contra a parede, quando já estamos no beco.
E quem nos põe lá, somos nós e ninguém mais.




Hoje acordei assim, com vontade de dar um berro bem alto, e expulsar os meus demónios de vez. Estou farta, completamente farta de pessoas estúpidas. Estou farta de mentes-captas.

1 comentário:

Paulo Nunes disse...

Amiga... o mundo esta cheio dessas pessoas.
Tens que saber ignora-las ou então se puderes... mandá-las para um sitio dizendo:
"queres que te mande ou vais sozinho/a?" :)