30 dezembro, 2011

Somos o que comemos

A expressão "Somos o que comemos" é cada vez mais verdade. E fugindo aos clichés que estão cada vez mais na moda (mil eum programas televisivos sobre comida), estou decidida a mudar a minha alimentação.Por várias vezes notei diferenças no meu corpo par alterar alguns hábitos alimentares.

Desde que fui viver "sozinha" que engordei dos 45 para os 55kg. Em apenas um ano ganhei 10 kg. Nada mau para quem sempre sonhou engordar. Contudo, reflecti várias vezes sobre este "fenómeno".

Adoro massas, queijos, molhos com natas... Claro, apanhei-me sozinha e foi abusar até mais não... Claro que ganhei peso, a comida tinha que ir para algum lado!

Contudo depressa comecei a perceber que deveria ter cuidado com o que comia. Não no sentido de fazer uma dieta, mas no sentido de ganhar hábitos alimentares saudáveis e económicos.

Assim, aos poucos e depois de muito ler e ver sobre o assunto, pus de lado as carnes vermelhas... Actualmente como peru e frango apenas e peixe (principalmente salmão).

Não sou apreciadora de peixes com espinhas... sardinhas, carapaus e fanecas dispenso... sim eu sei... são óptimos, mas não consigo... são demasiadas espinhas.... (sim, sou esquisita... =P).

Aos poucos troquei o leite de vaca pelo leite de soja, mas ao fim de alguns meses já não suportava o leite de soja... não gosto daquele sabor... e regressei ao leite de vaca, contudo troquei o meio-gordo pelo magro. Tem mais cálcio e menos gordura, é por isso mais saudável.

Queijos, fiambres e manteigas continuo a comer normalmente. Não como manteigas com sal, apenas margarinas vegetais. São mais saudáveis embora mais caras... Uma ou outra vez por ano cometo a loucura de comprar uma manteiga meio-sal. Mas é mesmo muito raro fazê-lo.

Este ano de 2012 quero reduzir o consumo de carne e aumentar o consumo de vegetais. Quando vou às compras compro sempre os mesmos vegetais, bróculos, cenouras, beringelas... há coisas há venda nas grandes superfícies que nunca provei... Batata Doce...por exemplo.

Quero por isso aproveitar a quantidade de vegetais que temos à venda nos nossos supermercados e apostar cada vez mais nos vegetais.

Quando disse lá em casa à minha cara metade, que me ia tornar "mais vegetariana" ele ia-se passando...Ah claro... ainda ontem comi uma alheira... mas 1 alheira de vez enquando nunca fez mal a ninguém.... =D

3 comentários:

Ana FVP disse...

Grandes mudanças para 2012!

Turista disse...

Querida Polly, uma alheira caseira, não faz mal a ninguém, muito pelo contrário!
Dou-te a sugestão de comprares sempre os legumes da estação, que são sempre mais frescos e mais baratos. Se trocares a ida ao supermercado, pela ida à praça ou ao mercado, então a diferença é imensa, pois além de mais saudáveis, os vegetais são muito mais frescos. Alguns são mesmo o produtor que os está a vender!
Bom ano. :)

Paulo Nunes disse...

ahhhh eu nao sou aquilo que como.
Bem queria engordar.. mas não consigo!
como quase tudo o que tu comes.. mas mesmo assim.. para engordar é dificil. para perder peso.. é rapidinho... mas para subir.. esta bem esta!! :(