23 outubro, 2006

saudade

Essa palavra tão tipicamente portuguesa... mas sinto saudade das palavras, dos textos, das frases sem sentido que tanta vez escrevi neste blog.
O frio chega, com ele vem também esta vontade estranha para escrever poeticamente sem rimas... E não deixo para trás as artes manuais, apenas lhe dou o devido descanso. Porque quem me conhece sabe que sou de manias, obecessões e psicoses. Como qualquer escorpião que se preze gosto de consumir os meus desejos e deixar que tudo acabe como se nada fosse.....


Ah! amanhã faço anos... será por isso que me sinto assim?
Sinto o Natal a chegar, estupidamente a melancolia de todos os anos aproxima-se a passos largos... venha ela!

2 comentários:

plateau disse...

o frio afasta-se com o calor do espirito...a convivência, companhia, amizades, gestos...
temos que partilhar mais tempo, tu sabes disso, não sabes?

Martinha disse...

Pois é, o Natal aqui tão perto...

É bom escrever, desabafar (nem que seja connosco próprios), tirar algum peso de cima dos já tão cansados ombros. A escrita é talvez das melhores coisas que eu conheço.

Bjoka grande :)

E que faças muitos, muitos, muitos mais anos ;)

**